Hoje fiz essa pergunta aos meus alunos de MBA: quanto eles deveriam estar ganhando hoje em suas carreiras? Não como meta do próximo passo de carreira e sim hoje quanto eles deveriam estar ganhando pelo trabalho que fazem.

Quase que por unanimidade meus alunos acreditam que estão ganhando menos do que mereciam. Somente 4 alunos dos 50 presentes na aula estavam satisfeitos com salário atual e ninguém achava que estava ganhando mais do que deveria.

É muito importante para nossa carreira estabelecermos metas profissionais financeiras, nossos próximos passos na carreira, e mais importante ainda termos noção de quais competências temos que desenvolver para alcançar essas tais metas profissionais.

Todos nós merecemos uma vida melhor e digna, isso não significa que a terá de mão beijada, você terá que lutar por isso. No Brasil temos uma sutileza que começa no verbo que usamos sobre retorno do trabalho, por aqui o termo que mais empregamos é “ganhar dinheiro”. Por que não usamos termo correto que é “fazer dinheiro”?

Quando pensamos em “ganhar” qualquer coisa, trata-se de algo inesperado, ganhamos um presente, ganhamos na loteria, ganhamos uma surpresa, mas em relação ao retorno do seu trabalho você não ganha nada, você vai lá e cria esse recurso. Esse termo “ganhar dinheiro” demonstra de certa forma uma atitude mais passiva, de esperar que as coisas aconteçam, que queremos é que o dinheiro chegue até nós, mas não demonstramos interesse em ir até ele, procurá-lo, “criá-lo”, quando usamos tais expressões.

Essa simples sutileza de mudar o verbo de “ganhar” para “fazer” dinheiro, possui em si um significado já bastante forte e gera postura mais ativa no sentido de “eu quero que o dinheiro venha até mim e conseguirei criar essa realidade”.

Pense na sua própria vida. Recomendo que se faça uma auto análise dizendo a si mesmo a verdade sobre sua realidade atual, sobre seu comprometimento e resultados que gera para sua empresa. Faça isso sem julgamentos ou críticas, onde está nesse exato momento em relação ao que deseja para sua carreira.

O objetivo aqui é, além de testar sua capacidade de distinguir entre o ideal de salário que deveria estar ganhando e o que acontece na realidade em relação a sua carreira hoje, é despertar em você sobre quanto precisa aprender a fim de criar as oportunidades de fazer mais dinheiro em sua vida.

Sendo assim, se considera que não esta fazendo dinheiro suficiente hoje em sua carreira, comece fazendo uma simples lista de formas de fazer dinheiro, importante descrever ações que dependem de você (afinal não adianta contar com algo que não pode controlar, como esperar aumento salarial do chefe) e que podem gerar resultados financeiros.

Perceba bem um ponto importante, não são somente formas aleatórias e amplas de fazer dinheiro, mas formas de fazer dinheiro que você poderia empregar em seu dia-a-dia para atingir seus objetivos financeiros.

Depois disso, que tal selecionar as ações de acordo com a afinidade que possui e comece a descrever passo a passo de cada uma das formas para fazer dinheiro. Se você realmente quer fazer mais dinheiro, você precisa correr atrás!
O que você prefere? “fazer” ou “ganhar” dinheiro?

Quer saber mais sobre assuntos relacionados a sua carreira?
Me sigam nas redes sociais que sempre compartilho e posto conteúdo e materiais sobre temáticas de gestão de pessoas.
instagram @danieladolago
facebook: treinamentos Daniela do Lago
5post